domingo, 22 de novembro de 2009

quero ser criança


Eu não quero mais

brincar de gente grande


quero mesmo é ser criança




gente grande tem carranca


criança tem esperança


de um dia ainda ser grande




quando eu crescer


quero mesmo é ser feliz!



- Graça Carpes -

8 comentários:

  1. Que fofura... começou muito bem!!!!
    bjs e boa sorte neste espaço especial!

    ResponderExcluir
  2. Olá querida! Vim conhecer teu espaço, vc me indicou pelo orkut. Uma graça, assim como o outro blog e como vc! rs
    Adorei teus escritos simples, leves e belos! Parabéns!!!
    Pergunta: esse desenho maravilhoso é seu ou pegou em algum lugar? Eu tenho um livro infantil a ser ilustrado, queria essa dica.
    Bejokas!

    ResponderExcluir
  3. Oi Graça, tá começando com um tema mt especial Criança... escrever para crianças... falar para crianças...
    'Voltar a ser Criança"... quem não quer... então depois ke a gente se mete a ter tantas responsabilidades, voltar pra meninice seria uma ótima opção...

    Adorei. Neste momento estou escrevendo um livro infantil ke as m/netas me pediram... vamos ver como sai.

    Bem vinda à nova 'empreitada virtual'

    Venho te convidar para dar uma passadinha no FLORES SELVAGENS - Poesia e teatro
    www.floreselvagens.blogspot.com
    e no
    PALAVRAS SEMENTE... de Palavras Somente
    www.palavrasemente.blogspot.com

    será mt bem vinda
    beijokas
    Anna D'Castro

    ResponderExcluir
  4. As vezes eu também me canso dessa brincadeira de ser gente grande, é uma brincadeira meio que sem graça, quase não há divertimento. Mas como eu ainda não tive a inteligência para construir a máquina do tempo, e voltar a ser de fato a criança que eu gostaria de ser, eu vou encarando essa brincadeira com a seriedade de um adulto. O bom é que as vezes a criança que ainda guardamos em nós nos escapa, e constroem coisas como essa poesia sua; simples, inteligente, sensível e ao mesmo tempo com um teor filosófico e brincalhão (que fique aqui entre nós; a poesia feminina é mais intima, mais coração... (desculpa a redundância...) é mais poética, mesmo! Não foi a toa que eu te convidei para o concurso de poesia. Por favor participe mesmo.....Um abração!!

    ResponderExcluir
  5. Graça: o seu espaço é lindo...tem pureza e encanto...de gente grande que guardou a meninice dentro de si!!!
    Parabéns...bjus mil!!!

    ResponderExcluir
  6. Agradeço ao carinho de todos e prometo atualizar "minha infância", aqui.
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  7. O PRIMEIRO CONTATO
    Certa vez, na ânsia de concluir um trabalho escolar, cercado de publicações dos mais variados autores e temas, e sem saber por onde começar despertei-me com um clique da minha esferográfica.
    Eis que, como um “Deja Vu”, deparei-me com um antigo livro de contos em péssimas condições. O papel amarelado pelo tempo, perfurado por traças, empoeirado e suas páginas mal cheirosas.

    A tinta usada em sua impressão ainda mantinha um bom contraste, o que o tornava legível.

    Então, no volver furtivo e detalhado de cada página, eu descobri algo novo: textos envolventes com assuntos, embora de séculos atrás, tão atuais e familiares que passavam não só a mim, mas a quem quer que os lesse (leiam) uma profunda intimidade com o autor.

    Agora eu já podia empunhar aquela, cujo clique não mais soava irritante, mas frugal.

    Tudo era simples, evidente e claro. Eu não precisava mais daquela pilha de publicações, pois tudo estava ali, em cada cor, som, ou lembrança. Daquela ponta esferográfica, as palavras fluíram com naturalidade e deitavam em cada pauta com a suavidade de uma pétala que pousava sobre a relva.

    Eu compunha com mais idéias, indeterminado, mais livre. Não havia motivo para se preocupar com “Lapsus Linguae”... Sim era minha primeira crônica. Agora eu sabia que poderia escrever sobre qualquer coisa.

    *Cassius Barra Mansa é cronista machadense

    Lapus Linguae = erros de linguagem
    ATRAÇÃO DOS MOLEKES

    (pagode com malícia mineira)

    Influenciados pelo, Exalta Samba, Revelação, o grupo se apresentou pela primeira vez em 2006 na Praça Antônio Carlos (Machado-MG), durante as comemorações do 7 de setembro.. No mesmo mês, eles abriram o show do Face Racial no salão da Dismabe, evento organizado pelo DJ Brown. O próximo passo será a gravação do primeiro CD com 12 músicas, entre elas (É hora de curti) Contatos: João ou Diogo (35) 3295-4031 (Machado-MG).

    Blog: http://atracaodosmolekes.blogspot.com/

    =====================================================================
    ATRAÇÃO DOS MOLEKES ( ZOEIRA DE CRIOULO)

    http://www.youtube.com/watch?v=AfLrwijZprM

    ATRRAÇÃO DOS MOLEKES (SHOW NO LAGO ARTIFICIAL)

    http://www.youtube.com/watch?v=rZaNaZoBUm0

    ResponderExcluir